O ataque de Sean McVay e a estagnação dos técnicos “Medalhões”

O dia 30 de janeiro de 2000 foi marcado por um dos jogos de Super Bowl mais emocionantes de todos os tempos.O Rams, com seu ataque históricamente conhecido como Greatest Show On Turf, conquistaria o troféu em cima do Titans do técnico Jeff Fisher. via GIPHY Apesar de toda a fama negativa do técnico pela história recente como ex-técnico do Rams, o Titans de 1999 comandado por Jeff Fisher era Continue Lendo →

Fog-gate: Bill Belichick faz um plano de jogo sufocante para ganhar o Falcons

A revanche do Super Bowl 51 poderia ter feito jus ao jogo que aconteceu em fevereiro desse ano. Poderia. Na névoa ofuscante de Foxboro, o Patriots fez o que faz mais de uma década: Executa seu plano de jogo impecavelmente e aguarda o adversário cometer seus própios erros.Quem precisa do de um Pass Rusher bem pago que lota o teto salarial quando se tem uma DL guerreira que executa tudo Continue Lendo →

Porquê a nova geração de QBs vai ser melhor que a última

Quem é melhor, Tom Brady ou Peyton Manning? Se perguntarem a humilde opinião eu responderia Brady. O engraçado de quando questionamos essa pergunta arroz de festa nos programas de mesa redonda é que geralmente precisamos ter consciência de que esses jogadores não foram apenas os melhores da posição de suas décadas.Eles simplesmente tem a maioria dos recordes relacionados ao passe.A geração de Brady e Manning, e aqui posso colocar mais Continue Lendo →

Outros esquemas de bloqueio para corridas

Tentar encaixar uma jogada de corrida dentro de um conceito pode ser uma tarefa que produz um resultado ambíguo.Afinal, afirmar que uma jogada é jogada “X” já é uma arbitrariedade.É só uma maneira de encaixar vários tipo de bloqueios em vários jogadores diferentes dentro de um único termo com o objetivo de facilitar a comunicação. A verdade é que só o própio time sabe de seu playbook.Mas isso não significa Continue Lendo →

O múltiplo ataque de Kyle Shanahan – Seahawks vs Falcons Divisional Playoffs 2016

O ataque do Falcons antes da temporada de 2015 era comandado por Dirk Koetter (hoje HC do Buccaners), adepto do conceitos de passe verticais dos ataques Air Coryell.Com a chegada de Dan Quinn como HC em 2015, entrou Kyle Shanahan como coodenador ofensivo, e com ele conceitos de passe horizontais do ataque West Coast e uma ênfase no playaction pass. Com esse choque de filosofias de ataque, 2015 foi um Continue Lendo →